BROTINHO.

VOCÊ, SE LEMBRA? Nesta coluna, estamos homenageando, quem nunca é lembrado. Hoje, vamos homenagear uma pessoa, cuja vida não teve muito significado, porque a sorte não lhe sorriu. Sua morte ocorreu, há muito tempo e ninguém mais se lembra dele. Morava na vila dos pobres. Como a gente não liga, para pessoas que não tiveram importância, em vida. Ele era uma figura muito pequena. Bebia muito, mas suas bebedeiras só eram engraçadas e não prejudicavam ninguém. Já perceberam quem é, essa pessoa? Quando falar o nome pelo qual ele era conhecido, todos vão se lembrar e aí dirão: “Ah, é mesmo, eu nunca mais me lembrei dele, ele já estava esquecido, mas agora, recordo, com muita saudade.”. Estou falando do BROTINHO. Lembrou? Sua simplicidade, sua ingenuidade faziam dele uma pessoa diferente e quase sempre não recebia nossa maior atenção. Mas, certamente, ele está no céu, no Departamento de Ipuiuna, ocupando um lugar de honra, porque o céu pertence aos puros de coração. Podemos dizer, agora: “BROTINHO, perdoe-nos, por não ter lhe dado, mais atenção. BROTINHO interceda por nós. BROTINHO, interceda por Ipuiuna.”